.
 
 
 
   
.
Destaques  

CDT-777 - Harmonix



Com 41 anos de existência, as Magnepan sempre foram as caixas mais reverenciadas pelas mais importantes publicações de áudio High End de todas as partes do mundo, especialmente por Harry Pearson e Jonathan Valin da The Absolute Sound. Os dois são unânimes e, ao longo de várias edições da T.A.S., sempre afirmaram que não existem caixas mais neutras, naturais e realistas que as Magnepan, além disso, são enfáticos ao afirmar que não existe em nenhuma parte do mundo caixas que reproduzam música tão fielmente como as "Maggie´s" sem custar pelo menos 4 ou até mesmo 10 vezes mais que elas.

Depoimento

A satisfação dos clientes é notória quando se trata das “Maggies”.

Veja o depoimento de nosso cliente, Eugênio M.:

"Estive procurando com calma por um novo par de sonofletores. Não queria mais ouvir um bom som. Queria ouvir música reproduzida com naturalidade, como quando vou à Sala São Paulo. Nessa procura tive a chance de experimentar produtos conceituados, mas todos deixaram algo a desejar. Ouvi caixas da Dynaudio, KEF, B&W, Tannoy, Opera, Klipsch e Paradigm, entre outras. Algumas impressionaram muito pelo detalhamento ou pela dinâmica ou pelos graves fortes. Mas faltava alguma coisa. E, o que é importante, alguns modelos custavam muito, mas muito mais que as Maggies.

Com as Maggies MG 1.7, parei de ouvir o som e passei a ouvir música. De repente, os intérpretes se espalhavam por um ambiente imaginário, mais parecido com uma sala de concerto do que com a sala de som. Em vez de prestar atenção em determinados graves ou agudos, passei a ouvir o instrumento, a respiração do músico e, em alguns casos, seu deslocamento mesmo que sutil.

As Maggies são muito naturais. Você ouve a música e esquece de ficar procurando por um ou outro detalhe que já serviram de referência para julgar seu sistema. Tudo vem fácil, claro e na proporção correta. Na minha sala de aproximadamente 6,0m por 4,5m os músicos parecem estar na altura correta e você ouve os efeitos da acústica da sala de concerto que ultrapassam o teto ou os limites das paredes. A imagem é espalhada e profunda e muito natural. É como se você estivesse na chuva em vez de estar embaixo de uma ducha. Tudo é mais real. Vozes, piano, cordas, percussão, metais. Até agora não tive ainda uma experiência que me deixasse desejando algo mais. Os graves merecem um destaque também porque aparecem na medida certa. Esse foi um fator importante para mostrar, para mim, a superioridade das Maggies. Algumas das caixas que analisei tinham um grave sempre forte, exagerado. Como se não houvesse diferença entre um violão um cello ou um contrabaixo!

Foi uma grande compra! Mais gente que gosta de música bem reproduzida deveria conhecer essa nova geração da Magnepan!"

Eugenio M.

 

Evento III Mostra Cinesound de Áudio High End e Vídeo - Julho de 2010

O som das 1.7 impressionou tanto que o repórter da Home Theater fez um vídeo para mostrar as Manepan 1.7


 

Testes das Maggie´s 1.7:

Na The Absolute Sound de Setembro/2010 Jonathan Valin escreveu:

"...Elas nunca soam anêmicas, mesmo quando você reduz o volume, elas nunca "encurtam" os graves ou agudos... Elas têm imagem de tamanho real...junto com sua velocidade, abertura, neutralidade e foco que faz as vozes "estarem lá"... seu palco é simplesmente o melhor que eu ouvi...com o disco correto seu queixo vai cair quando você ouvir precisamente as camadas, detalhes mínimos, incrível profundidade, som amplo de parede à parede...elas desaparecem no ato com uma imagem aberta, palco de parede à parede sem as colorações das caixas de gabinete .....elas são de altíssima resolução, transparência e finamente detalhadas... são extremamente neutras...e são "intoxicantemente" realistas. Existe alguma coisa nas Maggie´s que simplesmente fazem elas soarem como a coisa real... a combinação de neutralidade, coerência, velocidade de transientes, tamanho de imagem, dispersão, dimensionalidade e resolução de texturas têm sempre feito as Maggie´s soarem mais reais que grande porcentagem de seus concorrentes. Aqui, com a gravação correta, o realismo é simplesmente imbatível..."

"As 1.7 são as caixas mais reais que eu já ouvi. Eu poderia viver com elas (e eu vivo) com um sistema que custa 150 vezes mais caro que elas próprias."

A Tone Audio - Julho/2010 - testou as Maggie 1.7 e escreveu:

"As 1.7 são as caixas mais próximas do ideal que eu ouvi até hoje...elas soam menos como caixas e mais como a música real que qualquer outra...você tem a sensação que voltou no tempo e está ouvindo o evento da gravação original...as 1.7 são um incrível achado. Não importa quanto dinheiro você vai investir para comprar suas caixas...as 1.7 são facilmente as mais transparentes do planeta. Estou feliz em anunciar que as 1.7 vão receber o premio Tone Audio de Excepcional Valor em 2010."

As Magnepan MG 1.7 na CES 2010:

As 1.7 geraram muitos comentários e deixaram todos que visitaram a CES Las Vegas 2010 fortemente impressionados com o seu desempenho, clique nos links abaixo e veja o que as principais revistas de áudio comentaram:

http://www.beststuff.com/audiovideo/audiophile-bargain.html

http://www.avguide.com/blog/magneplanar-17-first-listen

http://www.avguide.com/blog/magnepan-mg-17-unqualified-triumph


http://news.cnet.com/8301-13645_3-20010500-47.html?tag=mncol;title

http://www.soundstagenetwork.com/lasvegas2010/index.php?option=com_content&view=article&id=65:magnepan&catid=38:standout-demos&Itemid=37

http://www.avguide.com/blog/more-ces-excitement-magnepan-introduces-the-mg-17

http://news.cnet.com/8301-13645_3-10422797-47.html?tag=mncol;title


 
.