.
 
 
 
   
.
Audio Shop Nossa História

 

HI FI SHOW MUNIQUE 2011

O Hi Fi Show Munique 2011 aconteceu nos dias 19, 20, 21 e 22 de maio e, neste ano, a Inglesa Roksan - empresa que está completando 27 anos de mercado - não participou. O motivo, conforme Tufan Hashemi (sócio-gerente), é que a linha Caspian M-2 fez tanto sucesso que hoje existe fila de espera para esses produtos, como a Roksan gosta de trabalhar com tudo à pronta entrega ela preferiu manter todo seu staff na Inglaterra de forma a colocar “a casa em dia”, além do mais, estão com vários novos projetos em desenvolvimento então preferiram concentrar esforços para não atrasar lançamentos. A Magnepan também não compareceu, conforme Wendell Diller (diretor de marketing) não faria sentido a Magnepan se deslocar para a Alemanha enquanto as Maggie 1.7 e 3.7 ainda estão com fila de espera de 2 e 4 meses respectivamente devido aos excelentes reviews recebidos pela imprensa especializada.

Conhecida pela excepcional performance de todos os produtos que fabrica, a GamuT optou apenas por expor seus produtos sem tocar, afinal, no país onde aconteceu o evento (Alemanha) como na maioria dos países Europeus e também nos Estados Unidos, as principais revistas de áudio High End colocam os GamuT no topo da lista entre os melhores do mundo, desta forma, preferiram fazer exposição estática para mostrar toda a sua completa e extensa linha de produtos, inclusive os novos Worm Holes Signature que já fazem parte de nossos sistemas de demonstração. Além das fotos temos 2 vídeos da GamuT que podem ser vistos aqui: VÍDEO 1 / VÍDEO 2. A GamuT foi “pronta” para vender muitos cabos Worm Holes como se pode perceber pelos enormes “Racks” com cabos mostrados dos 34 até os 56 segundos do vídeo 1. O bom amigo Torben Sondergaard, diretor de exportações e marketing da GamuT, aparece no final de ambos os vídeos.

A revista Alemã online Audiophil-online fez matéria mostrando os produtos GamuT expostos no evento e comentando que a GamuT já é reconhecida em toda Europa, Ásia e Estados Unidos por produtos como o D-200, DI-150, CD-3 e suas caixas acústicas. Na Audiophil-online comentam, inclusive, que na Alemanha os produtos GamuT são considerados “Top-Referenz” por quem realmente entende de música e áudio High End.

 

A Gato estava mostrando um sistema completo inclusive com o seu cdplayer que estará disponível para pedidos a partir do próximo mês. O visual exclusivo e diferenciado dos produtos Gato exercia forte atração no público presente e o crescimento dessa jovem empresa tem muito a ver com o desempenho de seus produtos. Seu amplificador integrado AMP-150 usa sob licença a tecnologia single-mosfet desenvolvida e patenteada pela GamuT , isso dá ao AMP-150 uma performance e confiabilidade muito superior a de amplificadores integrados “Multi-Mosfets”, colocando o amplificador da Gato em um patamar muito semelhante ao dos integrados GamuT como o DI-150. Talvez seja por isso que a Gato tornou-se tão respeitada em tão pouco tempo de mercado. Obviamente saber que por trás da jovem empresa está o suporte e apoio financeiro do multimilionário Dinamarquês Poul Rossing é um fator de segurança importante para quem vai comprar um produto desta faixa de preços.

Clique neste pequeno filme e conheça pela ordem: Kresten Dinnesen - Engenheira de desenvolvimento - e Frederik Johansen – Presidente da Gato Audio. Veja também os produtos Gato que vêm a seguir: o AMP-150 e o ainda não lançado CDD-1. Aqui um vídeo que mostra só o AMP-150 em acabamento Walnut.

A Gato também estava mostrando sua nova aquisição neste Hi Fi Show: o fabricante de alto-falantes e tweeters SB Acoustics que tem mais de 27 anos de experiência na produção de alto-falantes e tweeters para o mercado High End. Situada na Indonésia essa empresa agora passa a ser parte da Gato Audio e, com isso, torna a Gato independente de outros fabricantes de alto-falantes para montagem de suas caixas acústicas.

 

A Alemanha é o maior mercado para os produtos Harmonix desde 2007, quando pararam de ser vendidos nos E.U.A. Mr. Kiuchi sempre deixou claro que o excesso de produtos falsificados da Harmonix nos Estados Unidos foi a razão do cancelamento de sua distribuição naquele país e, como o próprio Mr. Kiuchi diz, ainda hoje há empresas vendendo “produtos Harmonix novos” por lá que, sabe-se lá onde foram falsificados porque a Harmonix não envia nada para os Estados Unidos desde o final de 2007. Como o evento de Munich é muito importante para a Harmonix, ela foi uma das poucas empresas a fazer demonstrações tocando música através de um sistema inteiro de sua marca.

Lá estavam tocando seu novo e já premiado pré CAT 777, usando como fonte de sinal seu transporte CDT 777 com o conversor DAP 999EX que também já tiveram inúmeros testes e recomendações de revistas especializadas. Alimentando suas caixas Bravo estava seu novo amplificador, o KAP-777 - que também é construído sob licença e usando a tecnologia Single Mosfet da GamuT (para mais informações veja o Audio Shop News nº 18). O filtro de energia era o ALS-777 e todo cabeamento de força, interligação e caixas também da Harmonix. Todos os equipamentos estavam assentados em cima de seu Rack Royal Stage e, como já era esperado, o sistema foi alvo de inúmeros elogios, aliás, o amplificador KAP-777 já iniciou sua vida sendo premiado, veja clicando aqui traduzido para Inglês o teste da revista Polonesa especializada em áudio High End, a Hi Vi. A Audio Shop irá tocar este amplificador pela primeira vez no Brasil no evento Cinesound de Londrina (mais detalhes adiante).


A Isotek é considerada hoje a mais tradicional e o melhor fabricante de produtos destinados à correção da energia elétrica de toda Europa. Seus cabos de força, filtros e condicionadores de energia ganharam prêmios em todas as partes do mundo devido a sua superior performance. Neste Hi Fi Show a Isotek tinha dois produtos recém lançados para divulgar: o seu cabo Syncro e o Super Titan.

O Syncro é na verdade muito mais que um cabo, ele é uma nova visão de como atacar um problema que nenhum condicionador do mundo atacou até hoje, na verdade, depois de muitos estudos a engenheira da Isotek descobriu que o maior problema da energia elétrica é vir com componentes DC que fazem os transformadores de equipamentos de áudio zumbir, esquentar e criar distorção nos delicados circuitos de áudio. Em sistemas Fase, Neutro e Terra, tanto de 127 Volts como de 230 Volts, esse componente DC faz a senóide trabalhar com o “Zero” deslocado e em sistemas Fase, Fase, e Terra - geralmente apenas encontrados em 230 Volts - esse problema é maior ainda gerando diferentes ângulos de senoíde entre as duas fases. O Syncro é o 1º produto do mundo a corrigir esse problema melhorando sensivelmente a relação sinal ruído, o palco e naturalidade do som reproduzido e garantindo maior durabilidade aos equipamentos de som. Já o Super Titan, também mostrado em Munich, é como o próprio nome diz, “um super filtro de energia” para quem tem equipamentos sem compromisso com preço, ou seja: recomendado para quem tem o melhor e apenas se contenta com o que existe de melhor. Esse filtro é capaz de alimentar sistemas com consumo de até 7,36 KW em regime contínuo e tem capacidade de picos de 35,5 KW significando que ele nunca vai comprimir a dinâmica de nenhum equipamento e protege contra picos de corrente de até 135.000 A. Só para dar uma idéia, sua tomada de alimentação é uma Neutrik Suissa de 32 A. banhada em prata.


Os cabos Pulse fabricados pela Vertere Acoustics estão rapidamente se tornando referência no mundo audiófilo. Uma simples visita ao site deste fabricante mostra em depoimentos que existem audiófilos com sistemas de £ 680.000,00 usando esses cabos. Touraj (presidente da Vertere) não ia participar do evento, conforme ele o sucesso dos cabos Pulse provocou filas de espera e ele preferia colocar a produção em dia, mas como a Luxman Japonesa ia tocar seu sistema Top de linha (foto da esquerda) usando todos os cabos da Vertere Acoustics, Touraj sentiu-se obrigado a participar e não se arrependeu disso, como ele próprio comentou, não esperava receber tantos audiófilos, dos mais variados países, visitando o Stand da Vertere apenas para parabenizá-lo dizendo que tinham comprado cabos Pulse e que estavam muito satisfeitos. Conforme Touraj, o entusiasmo desses audiófilos e os elogios recebidos valeram por ele ter se afastado de sua nova fábrica mesmo que isso continue significando atrasos de entrega. Touraj ouviu audiófilos que usavam cabos famosos do triplo e até do quíntuplo do preço dos Vertere dizerem que depois que colocaram os cabos Pulse em seus sistemas tiveram um ganho em performance como se tivessem trocado o equipamento inteiro por outro do dobro do preço. Entendemos o Touraj, é muito bom sentir que seu produto faz “a diferença”. Vejam na foto acima, à direita, a traseira do power monobloco Luxman com cabos de caixas e interligação Pulse B da Vertere Acoustics.

 


voltar

 

 
.