.
 
 
 
   
.
Audio Shop Nossa História

12 razões para você escolher um GamuT:



1
Todos os produtos GamuT são dinamarqueses, totalmente projetados, desenvolvidos e fabricados na Dinamarca em suas três fabricas situadas nas cidades de Tistrup, Herning e Holbaek com componentes High-End Europeus e Americanos (veja tópicos 2, 3 e 4) e mão de obra de engenheiros Dinamarqueses especializados, diferente de outras marcas de High End onde apenas os nomes são Europeus e Americanos, mas que fabricam seus produtos em países remotos do oriente usando mão de obra barata e não qualificada e componentes de baixo custo. Nós da Audio Shop consideramos que quem compra e paga o preço de um produto High End não quer que seu equipamento seja fabricado dessa forma, da mesma forma que quem compra uma Ferrari e paga o preço que ela custa espera que ela tenha sido fabricada em Maranello, usando a tecnologia e ferramentaria de alta precisão e os mesmos engenheiros italianos que as fabricam por décadas sendo, portanto, profundos conhecedores do assunto e os mais treinados e qualificados para fabricá-las.
2
Quem conhece componentes eletrônicos sabe que hoje muitos fabricantes de áudio High-End usam capacitores e resistores fabricados na China, Coréia, etc... nas placas de circuito devido ao seu baixo custo, os que querem fazer produtos Top usam capacitores Siemens, Phillips, Rubycon entre outros...e resistores ROhm, Phillips, etc...todos são bons componentes. Mas a GamuT é uma das poucas empresas (se não for única) a usar em suas placas de circuito os excelentes e caríssimos capacitores Wima e resistores de filme metálico Roederstein, apenas para dar uma idéia esses componentes custam mais que o triplo das boas marcas citadas anteriormente e em relação aos capacitores e resistores "genéricos" fabricados na China, Coréia e outros países de baixo custo... os capacitores Wima e os resistores Roederstein chegam a ser oito vezes mais caros.
Mas esses componentes de qualidade superior são apenas um entre os inúmeros detalhes que fazem com que os GamuT sejam indestrutíveis, nunca precisem de manutenção e tenham qualidade de som superior aos seus concorrentes. Conheça mais nos tópicos abaixo.
3
Ainda falando sobre componentes mas agora sobre capacitores para fonte de alimentação: Alguns fabricantes de High End usam nas fontes de alimentação de seus produtos capacitores de baixo custo fabricados em países remotos do oriente. Os melhores fabricantes de áudio high end do mundo usam capacitores Rubycon, Chemi-con, Elna etc...só a GamuT usa os ultracaros, sofisticados e excelentes capacitores Rifa, apenas para dar uma idéia do que são os Rifa: Eles são fabricados sob encomenda pela Ericson da Suécia e chegam a custar 12 vezes mais que os Elna, Rubycon, etc...Além dos capacitores, todos GamuT são dual mono com um transformador toroidal para cada canal, até mesmo o pré-amplificador D-3i é construído assim, o cdplayer CD-3, por exemplo, tem 3 transformadores, um toroidal para cada um dos canais de áudio e um transformador núcleo E apenas para alimentar o mecanismo de transporte e conversão Digital/Analógica. A GamuT leva muito a sério a qualidade de seus produtos e em especial das fontes de alimentação, afinal eles sabem que tudo o que você vai ouvir no final é o resultado da boa alimentação dos circuitos. Boa energia é sinônimo de bom som.
4

Os conectores que os GamuT usam para se conectar ao mundo exterior são os caríssimos WBT. Os WBT são torneados a partir de um bloco maciço de cobre puríssimo e banhados com uma grossa camada de ouro, devido ao seu projeto, desenvolvimento e construção serem totalmente feitos na Alemanha eles são os conectores mais caros do mundo. A GamuT considera que quem compra seus produtos merece o melhor. Apenas os conectores de interligação balanceados são Neutrik e isso porque a WBT não fabrica conectores balanceados. Os Neutrik também são considerados os melhores conectores balanceados existentes, eles são totalmente projetados, desenvolvidos e fabricados na Suíça.
Muitos fabricantes de High-End usam conectores baratos, feitos de plástico, fabricados em países que não tem nenhuma tradição e tecnologia para produzir componentes desse nível e ainda se consideram fabricantes de High-End.

5
Uma observação atenta ao interior de um GamuT, principalmente dos amplificadores mais potentes irá mostrar muitos fios. Isso se deve ao fato de que placas de circuito impresso têm alta capacitância e são resistivas para o fluxo de altas correntes podendo mesmo aquecer as suas finas trilhas e desta forma aumentar ainda mais sua resistividade gerando distorções. Os projetistas da GamuT dão muitas risadas quando falamos que "determinados powers" são de alta corrente porque sabem que usam os mosfets de saída soldados nas placas...isso porque se as "altas correntes" desses powers fossem verdadeiras elas derreteriam as trilhas das placas. Apenas como exemplo, o Mosfet que a GamuT usa na saída do DI-150 e D-200 é capaz de entregar 500 Watts rms em 8 Ohms e "despejar" 300 Amperes de corrente em regime contínuo, dessa forma ele precisa ser ligado à alimentação por fios de cobre sólido que têm maior secção transversal e muito mais área do que as finas trilhas das placas de circuito impresso permitem. Também não podemos esquecer que dois enormes e superdimensionados transformadores toroidais geram mesmo uma grande quantidade de fios dentro do aparelho e que apenas transformadores de baixa corrente irão dar bom resultado conectados diretamente a uma placa de circuito impresso, quando um amplificador "é realmente de alta corrente" não existem substitutos para fios rígidos de grande secção transversal. Usar fios em lugar de placas de circuito impresso exige montagem manual e não permite a redução de custos que a automação de montagem propicia, principalmente com a redução de despesas com mão de obra (caríssima na Dinamarca ) mas a GamuT não faz aparelhos para serem baratos, ela faz para serem extremamente duráveis e ter o melhor som possível mesmo quando comparados com produtos ainda mais caros.
6
Os GamuT que a Audio Shop importa e distribui são fabricados especialmente para nossa energia e suas variações (com transformadores e componentes da fonte de alimentação super dimensionados), isso nos permite conceder assistência técnica e garantia de 5 anos aqui no Brasil, mas atenção: Apenas valida para produtos GamuT importados e distribuídos pela Audio Shop.
7
Os GamuT são totalmente construídos em Aço Inox e Alumínio para durar uma vida inteira, e devido a filosofia consciente e inteligente dos dinamarqueses que valorizam o investimento de seus clientes, os GamuT são fabricados para permitir upgrades. Muitos audiófilos iniciaram seu sistema com o amplificador GamuT D-100 há 5 anos, depois fizeram upgrade para D-200 e depois finalmente para D-200 MK III, outros tinham D-200 MK II e também fizeram upgrade para MK III. Já está disponível o Kit para D-200 composto da tampa superior com design semelhante ao do S-300 e os novos pés em aço e silicone que melhoram não só a estética como o som dos D-200. Mas novamente alertamos: Este e todos os outros Kits de upgrade, bem como assistência técnica e garantia só são disponíveis para os GamuT importados e distribuídos pela Audio Shop.
8
Os GamuT são distribuídos oficialmente em mais de 32 países. Sabe o que isto significa? Sucesso! Ninguém quer distribuir um produto difícil de vender. Na hora de comprar seu High-End procure saber em quantos países do mundo ele é distribuído.
9
A Audio Shop vem importando e distribuindo GamuT desde Janeiro de 2001, mesmo assim ao contrário de outras marcas de High-End, é raríssimo encontrar um GamuT usado à venda, seja em lojas ou de particulares. Sinal de que seus proprietários estão satisfeitos e, quando aparece algum ele é rapidamente vendido por preço apenas 30% em média abaixo do novo, outros usados High-End são depreciados em torno de 60% além de demorar meses (às vezes até anos) para serem vendidos.
10
Fabricantes de High-End que usam GamuT como referência:
DCS (fabricante do conversor Elgar), Audio Physic (Fabricante de caixas acústicas), Gradient Finlândia (Fabricante de caixas acústicas), Scan-Speak (Fabricante de tweeters e alto-falantes para áudio High-End), Avance (Fabricante de caixas acústicas), Dali (Fabricante de caixas acústicas), Vifa (Fabricante de tweeters e alto-falantes para áudio High-End), Peerless (fabricante de tweeters e alto-falantes para áudio High-End), Carlsson Loudspeakers (Fabricante de Caixas Acústicas) etc...,Etc.A propósito: Quem usa como referencia o High-End que você pensou em comprar?
11
Respeitadas e famosas publicações especializadas que compraram e usam GamuT como referência:
Revue du Son (França), Hi-Fi Choice (Inglaterra), Video Hi-Fi (Itália), Hi-Fi Lehti (Finlândia), Audio Tech (Noruega), Stereo (Alemanha), Carlsson Planet (Suécia), The Absolute Sound (U.S.A.), Positive Feedback (U.S.A.), Tone Audio (U.S.A.), Enjoy the Music (U.S.A.) e The Audio Beat (U.K.), etc...Etc.
12
Conceituados e experientes articulistas que compraram e usam GamuT como sua referência absoluta:

- Dick Olsher ex articulista da The Absolute Sound (U.S.A.) atualmente na Enjoy the Music (U.S.A.): Pré amplificador D-3 e Amplificador D-200. Dick Olsher também acumula em seu curriculum a função de produtor musical dos cd´s audiófilos que foram gravados pelo selo Black Dahlia Music que, entre outros artistas, lançou os discos de sua mulher Leslie Olsher and The Santa Fe sound Machine .

- Jason Kennedy ex articulista e editor chefe da Hi Fi Choice (U.K.) atualmente com sua própria revista The Audio Beat (U.K.): Cdplayer CD-3, Pré amplificador D-3 e amplificador D-200.

- Kirk Midtskog articulista da The Absolute sound (U.S.A.): Pré amplificador D-3i e monoblocos M-250i.

- Jeff Dorgay articulista e editor chefe da Tone Audio (U.S.A.): Monoblocos M-250i e caixas acústicas S-9 e RS-5.

- Igor Zamberlan articulista da Video Hi Fi (Italia): Amplificador D-200.

- Jean Hiraga, editor chefe da Revue du Son (França): Amplificador D-200

- Robert Lacrampe, articulista da revue du son (França): Amplificador D-200

- Larry Cox editor chefe e articulista da Positive Feedback on line: Caixas GamuT L-5

- Kazuo Kiuchi: Músico, produtor musical, engenheiro de masterização, um dos inventores do XRCD , projetista e proprietário da empresa Combak Harmonix, possui 3 sistemas de som que usa como referência absoluta, dois deles compostos somente por produtos Harmonix Reymio (um a válvulas e um a transistores) e um sistema GamuT formado por CD-3, D-3i, D-200i e L-7.

- Giuseppe Trotto: Editor chefe e articulista da Remusic – Itália: Caixas Acústicas PHI-7

- John Atkinson, articulista da Stereophile: Caixas acústicas GamuT RS-7

- John Brazier, articulista da Positive Feedback on Line: Caixas acústicas GamuT M´Inent -7

- Rob Johnson, Diretor da Tone Audio Magazine: Pré amplificador D-3i, amplificador D-200i e caixas RS-3.




voltar
topo da página

.